quarta-feira, 21 de outubro de 2009

José Saramago e Caim

Se a liberdade de expressão significasse abrirmos a boca ou escrever para estarmos todos sempre de acordo, sem ofender nada nem ninguém, numa placidez única de opiniões, numa espécie de consenso universal, para que precisávamos nós de liberdade de expressão? Estaríamos todos amordaçados a um único pensamento. De quem? Em nome de quê?

Um dia, houve quem instituísse , já muito depois da Inquisição, um novo index para lá colocar "O Evangelho segundo Jesus Cristo"; hoje, em nome da defesa de certos valores de certas cabeças (que não são os de todos) , recomenda-se a Saramago a auto-exclusão da nacionalidade portuguesa.
Nem sequer pestanejam com o ridículo da proposta...

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Emigrante português aparece morto

Desapareceu. Já tinha desaparecido, como espelho da nossa sociedade, esquecido da família, dos vizinhos, das autoridades. Tinha desaparecido na solidão. Há dois anos. Sentado no sofá do seu apartamento apartado do mundo, tão afastado de todos, que nem sequer o foram procurar em sua própria casa.

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Bom dia, Professores!



Homenagem aos Professores, homenageando os alunos!!!

domingo, 4 de outubro de 2009

A Irlanda disse sim

A Irlanda disse sim ao Tratado de Lisboa, pois disse (depois de muitas conversações e promessas de contrapartidas!!!) e, se não dissesse agora, diria daqui por uns tempos... é tal e qual , no ensino, quando um aluno não consegue atingir o nível desejável para transitar, passar, não chumbar, manter as estatísticas do sucesso em alta, o rpofessor vai experimentando testes cada vez mais fáceis, até que um dia , a "coisa" acerta em cheio...
Tivessem feito referendos em todos os países e a questão já estava arrumada de vez; assim, brinca-se à democracia, faz-se crer que o povo é que decide e o povo, supondo que vai ganhar algo com o voto, vai-se deixando manipular até dizer chega! quer dizer "yes"!!! ... e ficam todos contentes: o Presidente da União Europeia, o Primeiro Ministro Sócrates, o qual, em particular, se congratula com a importância deste "sim" para si próprio... a Alemanha, a França...
E assim segue a vida!!!

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Por que razão jornalistas e comentadores se antecipam ao voto do povo?

O Presidente da República fez uma declaração ao país. Muitas pessoas não compreenderam ( ou não quiseram compreender !) o que ele disse ou o que ele quis dizer. Muitas consideraram que ele deveria ter falado antes, outras que deveria ter sido mais claro, outras que , afinal, nada ( suspeitas de escutas, de acesso aos mails e outros) acontecera, outras que acontecera algo, sim senhores e que fora bem grave. Dessa declaração, concluíram que , embora mantivesse todo o prestígio e toda a legitimidade ( era o que mais faltava que o PR de Portugal ficasse cerceado na sua liberdade de expressão!!!) , ficara fragilizado e antecipa-se já por jornais e Tvs e blogues a não reeleição ao segundo mandato. Mas porquê? São videntes, futurólogos, tencionam condicionar, manipular o voto do povo, têm uma bola de cristal? Como sabem que o povo , palavra com que muitos enchem a boca, mas de quem se esquecem a maior parte dos dias do ano, não votará em Cavaco Silva para segundo mandato? Porque mais parece já uma certeza, eu gostaria de saber como obtiveram essa informação... para que tudo fique claro...