quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Emigrante português aparece morto

Desapareceu. Já tinha desaparecido, como espelho da nossa sociedade, esquecido da família, dos vizinhos, das autoridades. Tinha desaparecido na solidão. Há dois anos. Sentado no sofá do seu apartamento apartado do mundo, tão afastado de todos, que nem sequer o foram procurar em sua própria casa.

Sem comentários: