domingo, 29 de janeiro de 2012

Especialistas em preços

Ver artigo da "Pública" de hoje, Domingo, dia 29 de Janiero de 2012

Ou consulte as páginas das especialistas:

http://www.organizaracasa.com/

http://criatividade-em-movimento.blogs.sapo.pt/

Poupanças & Companhia ( facebook)

http://www.descontos.blogs.sapo.pt/

Mas atenção: analisar sempre bem as situações e verificar se os anúncios ( promoções) correspondem à realidade e nada de fazer compras por impulso, que , por vezes, os preços aumentam uns dias antes das promoções.

Para receber vales de desconto, ir a (ver se lhe interessa)

http://www.paramim.com.pt/

E boas compras!

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

ORTOGRAFIA correCta

Rui Pereira escreve este artigo no CM e diz-se e contradiz-se e apresenta uns argumentos esfarrapados de quem tem culpa no cartório na adoPção deste desacordo, porque fez parte da comandita...aliás, governo que nos pôs ainda mais de joelhos também a este nível ( ortográfico). Rui Pereira envereda , como muitos outros, pelo facilitismo: põe-se a "correr" o corrector ortográfico ( até nos podiam pôr o tradutor automático para grego ou russo ou chinês era o mesmo, não precisávamos de pensar) e o texto, sem se pensar muito no assunto, ora fica em Língua Portuguesa, ora fica em acordês, conforme os desejos. SEM PENSAR... é a isto que nos querem limitar: a não pensar, a não reflectir... e , se não pensarmos, mais fácil a manipulação. Já muitos entenderam o objectivo...


http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/opiniao/rui-pereira/paradoxo-ortografico

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Parecer desfavorável da Comissão Nacional da Língua Portuguesa ao acordo NÃO ortográfico

Parecer desfavorável ao acordo NÃO ortográfico

da Comissão Nacional da Língua Portuguesa

http://issuu.com/roquedias/docs/cnalp_parecer/1


NÃO AO ACORDO ORTOGRÁFICO! Assine a ILC. Ainda é tempo!!!

http://ilcao.cedilha.net/?page_id=92
Assine a ILC pela Língua Portuguesa!!!

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

ILC contra o acordo ortográfico



«Chamo a atenção que o Decreto-Lei que promulga o Código do Direito de Autor e Direitos Conexos, na hierarquia legislativa, sobrepõe-se a uma resolução da AR, por isso sugiro aos Autores que se não conformam com a nova ortografia e desejem continuar a escrever como os nossos pais nos ensinaram, que leiam atentamente o n.º 1 do Art. 56.º do Código do Direito de Autor, em articulação com o Art. 93.º do mesmo Código.


Nós, Autores, temos sempre a “opção ortográfica de carácter estético” a nosso favor.»


António de Macedo ( http://ilcao.cedilha.net/?p=3854)