quinta-feira, 23 de junho de 2011

A história do rapaz, do velho e do burro e a viagem de Passos Coelho em económica

O velho, o rapaz e o burro - Presentation Transcript


1.O velho, o rapaz e o burro

2.Num monte, habitava um rapaz com um homem muito velho. Num determinado dia, resolveram encaminhar-se até ao povoado acompanhados pelo seu burro. No entanto ao passarem por uma terra, foram reprovados por aqueles que os fitavam enquanto faziam a sua passagem.

3.- Olhem aqueles patetas, com um burro e vão a pé. Então, o velho disse ao seu neto para montar o burro, e este último assim o fez. No entanto ao passarem perto de outras pessoas, foram novamente reprovados: - O garoto que é forte montado no burro e o velho, coitado, é que vai a pé.

4.Por conseguinte, o velho mandou o neto descer do burro para o poder montar. Continuaram o seu caminho até que encontraram um novo grupo de pessoas e mais uma vez, foram reprovados: - Olhem para isto! A pobre criança a pé e ele recostado no burro… Visto isto, o velho ordenou ao rapaz para montar no burro juntamente com ele.

5.O rapaz obedeceu e prosseguiram com a viagem, mas um pouco mais à frente estava um grupo de pessoas que os enfrentaram com revolta: - Apeiem-se, homens cruéis! Querem matar o burrinho? Enquanto desceram, o velho disse ao rapaz: - Desce. Continuamos a viagem como começámos.

6.Moral da história: - Está visto que não podemos calar a boca ao mundo!
 
(retirada daqui http://www.slideshare.net/teclar/o-velho-o-rapaz-e-o-burro-1250181)
 
Vem esta história a propósito da decisão do actual Primeiro Ministro Passos Coelho ter decidido viajar de avião, em económica, a metade do preço e das comodidades, na ida para Bruxelas.
 
Levantaram-se logo muitas vozes a dizer que era desprestigiante. Seriam possivelmente as mesmas vozes que não tardariam a increpá-lo por gastar tanto dinheiro a viajar com um determinado número de pessoas em executiva ou por outro qualquer gasto.
 
Por mim, acho que fez muito bem: se estamos em período de vacas magras, as vacas estão magras para todos e é uma mensagem acertada. Portanto, os cães ladram e a caravana passa e, se conseguir passar com menos gastos , melhor para nós.
 
Mas nós, neste recanto, à beira-mar plantado ainda temos a ideia tola de que carros topo de gama e fatiotas caríssimas são sinónimo de competência e valor...

Sem comentários: