domingo, 27 de janeiro de 2008

Castedo/Favaios/Alijó

Uma série de telefonemas em que parece estar tudo ensonado, baralhado, confuso!!! Quem mandou o homem cair nas escadas àquela hora da madrugada???...

Como parecia já estar morto, não é importante, não se discute, não se fala...

Mas podia perguntar-se: E se a pessoa não estivesse morta? Mudaria alguma coisa? A pergunta a fazer era esta, digo eu, mas ninguém a fez... E esta questão é que é , a meu ver, terrível... porque a resposta do INEM e dos Bombeiros seria a mesma , àquela hora, naquela madrugada, com aqueles meios...e àquela distância... O sr. Ministro da Saúde devia ir a Castedo, sem o staff da GNR a abrir caminho muito bem estudado anteriormente, pela noite fora, naquelas estradas...

Mas todos ficaram menos incomodados, porque o homem já estava morto. Pronto! E eu repito "E se não estivesse???" Mudava alguma coisa???

5 comentários:

mixtu disse...

se não estivesse.. ficava...

abrazo serrano

mixtu disse...

em 2009 digo-te que nada disso acontece...

SaltaPocinhas disse...

a mim faz-me confusão é que metam tudo no mesmo saco. fecho de urgencias com casos destes.
é evidente que estas pessoas não estão bem, nunca estiveram.
o qu ese deve perguntar é " e a situação vai melhorar?"

beijinhos,
boa semana!

Porca da Vila disse...

Um alívio para o senhor ministro! Sempre foi menos um cidadão a morrer nas ambulâncias!...

Xi Grande

Carminda Pinho disse...

Ó amiga,
mas então deve ser por isso que o Presidente da Câmara de S. Pedro do Sul (PSD) resolveu atribuir a medalha de ouro ao homem. Não ao que já estava morto...ao outro.
Dass...

Olha...beijinhos