quarta-feira, 19 de março de 2008

Regressar ao essencial na Matemática e não só...



"... os estudantes americanos deviam ter um conjunto de competências solidificadas de acordo com o grau de ensino, evitando regressar e regressar, a conceitos básicos anos após ano; que a aritmética simples ( como a malfadada tabuada) devia ser decorada, por forma a que existisse uma memória «viva» que os ajudasse a resolver problemas mais complexos; nenhum estudante deve terminar o oitavo ano sem ter aprendido os conceitos fundamentais da álgebra, saber resolver equações lineares e quadráticas, funções, polinómios, cálculo combinatório e de probabilidades.
(...)
Ou seja: acabe-se com as facilidades e regressemos ao essencial. De nada serve ter um computador ou uma máquina calculadora se não soubermos raciocinar."
José Manuel Fernandes, Público, 19 /03/2008

Sem comentários: